Aparelhos Auditivos

Ouvir é um dom e a sua correção pode resultar em uma melhora significativa da qualidade de vida.

O que é um Aparelho Auditivo?

O Aparelho Auditivo e um aparelho de amplificação sonora que possui um ou mais microfones que captam o som do ambiente. O sinal acústico é transformado em sinal elétrico, que é amplificado e adaptado de acordo com a perda auditiva do usuário. O receptor reconverte o sinal elétrico em sinal acústico que é direcionado para dentro do canal do ouvido.

Os aparelhos auditivos melhoram a compreensão da fala em várias situações e dão suporte às muitas funções do sistema auditivo humano como localização sonora, compreensão, memória e equilíbrio.

Podemos encontrar diferentes tecnologias, tipos, além de diferentes linhas de produtos.

Saiba mais sobre as diferentes linhas de aparelhos auditivos:

 

Tecnologias

A tecnologia de aparelhos auditivos está em constante desenvolvimento e tem obtido um grande avanço. Os aparelhos auditivos são pequenos computadores de alta tecnologia que têm sido constantemente aperfeiçoados e desenvolvidos para proporcionar uma melhor reprodução auditiva.

O avanço tecnológico tem contribuído para um número elevado de recursos sofisticados na criação de aparelhos auditivos e aprimoramento da reprodução de sons. A capacidade de adaptar esses aparelhos às exigências pessoais, levando em consideração o ambiente do dia a dia e os diferentes tipos de perda auditiva, está cada vez melhor e natural. Após o desenvolvimento da nanotecnologia, hoje já contamos com aparelhos auditivos que possuem uma alta faixa de ganho, contemplando os diferentes níveis de perda, em tamanhos cada vez menores, além de já possuírem conectividade e comunicação com diversas mídias, como celulares, tablets e televisores através da troca de informações via wireless.

Tipos

Existem diferentes formas de adaptação para aparelhos auditivos, sem mencionar as múltiplas opções de design e cores. Cada aparelho auditivo é desenvolvido para ajustar-se às necessidades individuais de cada pessoa.

O local aonde os aparelhos auditivos são alocados é a forma mais simples de categorizar os diferentes tipos. Basicamente, os aparelhos auditivos são usados dentro da orelha ou atrás da orelha.

  • ITE é abreviação de “in-the-ear”, também chamados de aparelhos auditivos intracanais ou “customizados”, pois eles são produzidos de acordo com o tamanho de cada canal auditivo.

tipo-itc-aparelhotipo-itc

  • BTE é abreviação de “behind-the-ear”, também chamados de retroauriculares. Podem ser de três estilos:

Retroauricular (BTE) – convencional:

Os aparelhos retroauriculares podem ser usados para todos os tipos de perda auditiva, de leve a profunda. Eles podem ser de variados estilos, desde o mini retro a modelos com alta potência (Super Power). Vários modelos oferecem dois ou três sistemas de microfone direcional para melhor compreensão da fala em situações ruidosas.

Aparelhos retroauriculares podem ser de adaptação aberta ou fechada. Fechada significa que é usado junto a um molde que praticamente fecha completamente a orelha externa e o canal auditivo.

Esses modelos são versáteis e convenientes para vários tipos de perda auditiva. Os retroauriculares convencionais oferecem maior potência e mais facilidade de manuseio, devido ao maior tamanho.

Um molde conecta o aparelho retroauricular à orelha e é individualmente feito para cada usuário. Ele é de extrema importância, pois desempenha funções acústicas. Uma das principais funções do molde é conduzir o som amplificado ao tímpano. Ele também auxilia no posicionamento e segurança do aparelho auditivo atrás da orelha. Um importante aspecto do molde é vedar o canal auditivo. Ele atua como um bloqueador e previne microfonia, o apito geralmente associado aos aparelhos auditivos.

tipo-bte-aparelhotipo-bte

 

– Retroauriculares (BTE) – adaptação aberta (open fitting):

Aparelhos de adaptação aberta são usados junto a um tubo bem fino no lugar do molde para conectar o aparelho à orelha. Aparelhos de adaptação aberta são mais confortáveis e evitam o acúmulo de umidade na orelha. Eles são adequados a alguns tipos de perda auditiva e apresentam grandes vantagens em relação à qualidade sonora e conforto.

tipo-open-aparelhotipo-open

 

– Receptor no canal (RIC):

Os aparelhos de adaptação aberta com receptor no canal (RIC) são bastante similares aos aparelhos de adaptação aberta mencionados acima. Neste modelo, ao contrário dos aparelhos retroauriculares convencionais, o receptor é usado no canal auditivo e conectado ao aparelho através de um tubo bem fino. Uma vez que o receptor não fica mais dentro do aparelho retroauricular (BTE), este tipo de aparelho é particularmente pequeno e muito discreto.

tipo-canal-aparelhotipo-canal

 

 

Programas

Após o desenvolvimento da inteligência artificial, os aparelhos auditivos digitais mais modernos e avançados estão sempre em processo de análise quanto à qualidade de som em diferentes ambientes, programas integrados e seleção automática de programas voltadospara situações específicas.

Ou seja, o usuário não necessita ficar trocando manualmente a programação dos seus aparelhos toda vez que há mudanças de recepção de sons, pois seus aparelhos irão se auto-ajustar de acordo com os estímulos sonoros que estiver captando, proporcionando-lhe uma maior praticidade, discrição e conforto em qualquer ambiente.